Royal

faleconosco@royal.net.br

Inicio

Milhares saem as ruas para protestar por cortes na Educação - Nos Estados Unidos, Bolsonaro diz que não gostaria de fazer contingenciamento e chama manifestantes de idiotas


Por Giovanna Decker
Redação Royal Express
15/05/2019 12h05 atualizado as 18h

A quarta-feira é de protestos em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal.
Centenas de cidades registram milhares de pessoas nas ruas, em protestos contra o corte de verbas para a Educação.
As Universidades e Institutos Federais terão um contingenciamento de até 30% segundo informou o Ministro da Educação na semana passada.

Com essa falta de recursos, muitas instituições alegam não ter como manter pesquisas e bolsas, e outras dizem que se quer poderão abrir suas portas no segundo semestre.
O objetivo dos protestos, primeiro teste de rua do governo Bolsonaro, é fazer com que o MEC volte atrás nos cortes.

Mais cedo nesta quarta, o Ministro Interino da Economia disse que esses cortes são temporários, e necessários porque a União está com baixa arrecadação.
O fato da Reforma da Previdência não avançar, também ajuda para que o déficit do governo aumente.
A retração da economia ascendeu uma luz vermelha no governo nesta terça, 14 de maio.
O Ministro Paulo Guedes afirmou que o país está mergulhando para um colapso se nada for feito para reverter a situação.

Os protestos acontecem em um momento em que o Presidente Bolsonaro está bem longe daqui.
Enquanto o governo se desgasta, o Ministro da Educação vai a Câmara para prestar esclarecimentos sobre os cortes e os protestos pipocam nas ruas, o Presidente está nos Estados Unidos.
No estado do Texas, ele vai se encontrar com o ex-presidente Bush, e receber um prêmio.

Ao desembarcar nos Estados Unidos, Bolsonaro foi questionado por jornalistas sobre a situação e as manifestações no Brasil.
O Presidente disse que não gostaria de fazer bloqueios, mas que neste momento os cortes são necessários.
Disse que recebeu um país quebrado, e que o orçamento feito na equipe anterior não se condisse com a realidade do Brasil hoje, então está faltando dinheiro.
Por isso, os contingenciamentos precisam ser feitos não apenas na Educação, mas também em outras áreas.

O Presidente criticou os manifestantes que estão hoje nas ruas.
E disse que são todos manipulados por uma série de pessoas que tentam voltar ao poder, e que estão hoje mancomunadas dentro das Universidades Federais.
Segundo o Presidente, os manifestantes são militantes que são idiotas, e não entendem a realidade do país.

Onor Kester 10 G - Vamos revolucionar juntos

Next - Faz acontecer

Bradesco Seguros - Quais seus próximos planos? Para cada objetivo seu, uma solução nossa

BMW

Claro - Você merece o novo

Citroën

O Boticário

Magazine Luíza - Vem ser feliz

Faculdades Anhanguera - Aqui o seu esforço ganha força

Casas Bahia

Cacau Show - Sua loja de chocolates, presentes e felicidades

Copyright (c) 2019. - Royal Express

|

Compartilhar no Whatsapp